Clássicos, Ficção, Hemingway, Literatura, Review

O homem que não foi vencido de Ernest Hemingway

Inicialmente não estava a encontrar este livro no GoodReads, por isso, fiz uma pesquisa e descobri que este livro/conto faz parte de uma coletânea de pequenas histórias de Ernest Hemingway. Esta coletânea chama-se Men without Women e foi publicada em 1927.

Para mim foi duro ler este livro porque relata detalhadamente o sofrimento de um animal. A descrição do sofrimento do animal é muito pormenorizada, o que me fez alguma confusão. É um livro muito descritivo, apesar de ser pequeno.

As personagens principais desta história são o toureiro e o touro. Senti que o autor pretendia que o centro da narrativa fosse o toureiro, como também é evidente no título deste livro “O Homem que não foi vencido”. Mas para mim o centro desta narrativa foi mesmo o touro, por mais ferido que estivesse nunca desistiu, deu sempre mais e mais luta. Senti uma grande revolta, o touro enfrentou mais de quatro homens enquanto eles enfrentam apenas um animal indefeso.

Dei as três estrelas a este livro por este não ser o meu género de leitura. Mas Hemingway conseguiu transmitir a essência do que realmente se passa nas touradas. Este autor descreveu o sofrimento do touro de uma forma tão intensa, detalhada e realista que faz com que também sintamos a dor deste animal. A leitura deste livro torna-se, assim, muito comovente.

Esta foi um leitura bastante rápida e fluída.
Para quem se interessa por este tema recomendo a leitura deste livro.

Comments

comments