Fantasia, Review, Tolkien

The Hobbit de J. R. R. Tolkien

Como sabem só há pouco tempo descobri a minha paixão por livros de fantasia e hoje trago-vos mais um, The Hobbit.

Plot summary:
O Hobbit é a história das aventuras de um grupo de anões que vão à procura de um tesouro guardado por um terrível dragão. São relutantemente acompanhados por Bilbo Baggins, um hobbit apreciador do conforto e vida calma. Encontros com elfos, gnomos e aranhas gigantes, conversas com o dragão, Smaug, o Magnífico, e a presença involuntária na Batalha dos Cinco Exércitos são algumas das experiências por que Bilbo passará. O Hobbit é não só uma história maravilhosa como o prelúdio a O Senhor dos Anéis.

Este livro começa com a descrição da personagem Bilbo Baggins, um hobbit que estava habituado a uma rotina que repetia todos os dias e nunca se envolvia em aventuras. Para esta personagem bastava ter uma vida calma com muita comida e muitos livros.

Mas um dia apareceu-lhe Gandalf, o feiticeiro desta narrativa, e é a partir deste momento que começa a grande aventura da sua vida. Bilbo torna-se a personagem principal, pois ao longo da narrativa vamos acompanhando o seu crescimento e percebemos como vai ganhando uma identidade e conforto no mundo exterior. Esta personagem partiu para o desconhecido, nunca tinha saído da sua zona de conforto. Mas ao mesmo tempo que vamos acompanhando o crescimento/maturação de Bilbo, acompanhamos a pouca evolução dos que o acompanham nesta jornada, os anões.

Desde o início da narrativa Gandalf apoia as decisões de Bilbo, ao contrário dos anões que sempre desconfiaram da sua capacidade para os ajudar na caça ao tesouro dos anões que está sob a guarda do dragão Smaug. 
A personagem que mais desconfia de Bilbo é Thorin, pois estes têm perspetivas muito diferentes. O segundo dá mais importância às coisas materiais, como o ouro e a pedra Arkenstone. Enquanto o primeiro só quer estabelecer a paz entre todas as espécies e chega mesmo a ser considerado um grande traidor por parte de Thorin.

O mais fascinante neste livro é o facto de Tolkien atribuir caraterísticas humanas a animais, a deuses, etc, – antropomorfismo – como é caso das aranhas e do dragão Smaug. Mas também a forma mística como este autor descreve as várias personagens, pois consegue-se criar uma imagem bem nítida do que estamos a ler. É bastante engraçado quando percebermos que o hobbité muito mais pequeno que os anões e que estes muitas vezes até têm que transportar, porque não consegue acompanhar o ritmo do grupo. Toda esta mitologia faz com que este não seja um livro a perder de vista.

Para finalizar, o senhor Tolkien é um verdadeiro génio, é preciso ter uma grande capacidade intelectual, e não só, para criar um mundo fantástico como este que encontramos no The Hobbit e também no Senhor dos Anéis.
Aconselho vivamente a leitura deste livro!! Esta edição é muito bonita, tem os desenhos originais de Tolkien e alguns mapas do território. Os restantes livros deste autor já estão na minha lista deto-read.

5 estrelas!

Imagem

Imagem

Comments

comments