Fantasia, Review, Rowling

Harry Potter e a Pedra Filosofal

Para ser sincera nunca tinha lido o Harry Potter, é verdade, não fez parte da minha infância. Penso que a razão de isto ter acontecido prende-se ao facto de nunca ter grande vontade de ler livros de fantasia.

Ultimamente comecei a pesquisar e a ver muitas reviews/opiniões sobre os livros do Harry Pottere fiquei com uma grande vontade de os ler. 

Plot summary:
Harry Potter, o personagem dos livros de J. K. Rowling, não é um herói habitual. É apenas um miúdo magricela, míope e desajeitado com uma estranha cicatriz na testa. Estranha, de facto, porque afinal encerra misteriosos poderes que o distinguem do cinzento mundo dos muggles (os complicados humanos) e que irá fazer dele uma criança especialmente dotada para o universo da magia. Admitido na escola Howgarts onde se formam os mais famosos feiticeiros do mundo, Harry Potter irá viver todas as aventuras que a sua imaginação lhe irá proporcionar. Um grande sucesso editorial que os mais jovens adoram e que apetece também aos adultos.

Como sabem esta é uma literatura juvenil, o que resulta numa leitura bastante fácil e fluída. Em dois dias, este livro já estava na estante e marcado como read. 
Neste livro encontramos personagens que muitas vezes encontramos no nosso dia-a-dia, como é o caso do primo do Harry Potter, o Dudley, um miúdo muito mimado que consegue tudo o que quer dos pais. A amiga, Hermione, que se mete em tudo, mas sempre com boas intenções. E o próprio Harry Potter, que, inicialmente, se sente isolado e sozinho, e mais tarde, indo para Hogwarts, encontra o sítio onde realmente pertence.

As personagens que mais gostei foram, obviamente, o Harry Potter. Mas para além dele adorei o Hagrid, por este ter uma postura bastante natural e espontânea. E o Ron Weasley devido ao seu companheirismo para com o Harry, este foi o melhor amigo que podia ter encontrado.

Quanto aos eventos presentes no livro, a parte que mais me custou a ler foi o inicio, quando o Harry estava em casa dos tios. A maneira como eles o tratavam era inaceitável. Estes momentos também podem ser encontrados na nossa realidade, porque as pessoas nem sempre sabem lidar com aquilo que é diferente.
Em relação a Hogwarts, é, realmente, um sítio mágico. A forma detalhada como a autora o descreveu, fez com seja um sítio que toda a gente deseje ir, quer tenha 11 ou 90 anos. Ao mesmo tempo que seguimos o crescimento de uma grande amizade entre o Harry, a Hermione e o Ron, acompanhamos as aventuras mágicas e a busca pela pedra filosofal. 

Muitas vezes questionei-me sobre o todo o espetáculo existente à volta do Harry Potter e, agora, entendo o porquê. Recomendo este livro para todas as idades, nunca é tarde para ler o Harry Potter.

5 estrelas!

Comments

comments