Ficção, Literatura, Murakami, Review

Ouve a Canção do Vento / Flíper 1973 de Haruki Murakami

Plot summary:
Durante a primavera de 1978, o jovem Haruki Murakami, quando chegava a casa já tarde, depois de mais um dia de trabalho no seu clube de jazz, começou a sentar-se todas as noites à mesa da cozinha, a escrever. O resultado foram duas novelas marcantes – “Ouve a Canção do Vento” e “Flíper, 1973” – que lançaram a carreira de um dos mais aclamados autores da literatura mundial contemporânea. Estes dois pequenos romances impressivos, em tom de fábula, que por vezes roçam o surreal pelos laivos de ficção científica que os povoam, abordam o quotidiano de dois jovens – o narrador cujo nome nunca chegamos a conhecer e o seu amigo Rato –, perpassado por solidão, obsessão e erotismo.
Apresentando uma galeria pela qual desfilam uma rapariga com quatro dedos na mão esquerda, um escritor inventado, o dono de um bar que ouve as confissões de todos os que nele buscam refúgio, um par de gémeas e… gatos, estes dois textos contêm o embrião de todas as características que singularizaram e atravessam todas as obras-primas de Murakami, incluindo alguns dos seus mais recentes livros.

Review:
Nunca tinha lido o autor Haruki Murakami e quando me apercebi que este livro continha dois pequenos romances decidi tentar. Quando quero experimentar um novo autor procuro sempre os livros mais pequenos para que a leitura seja mais fluída.
Estes são os seus dois primeiros romances, já estive a ler que não mostram aquilo que o Murakami realmente é, como autor, mas comigo resultou bem.

Crime, Ficção, May, Mistério, Review, thriller

Em Fuga de Peter May

Plot Summary:
Em 1965, cinco amigos, todos adolescentes, cansados da rotina e temerosos de uma vida previsível, fogem de Glasgow com destino a Londres e o sonho de serem estrelas e de transformar a sua banda de música num sucesso. No entanto, antes do final do primeiro ano, três deles regressam à sua cidade natal na Escócia – e voltam diferentes, danificados, sem que ninguém perceba a razão para tal. Cinquenta anos mais tarde, em 2015, um brutal homicídio na capital inglesa obriga esses três homens, agora com quase 70 anos, a regressar a Londres e a confrontar, por fim, a mancha escura do seu passado da qual tentaram fugir durante toda a vida.

Review:
Nesta história encontramos duas narrativas, uma narrativa de 1965 e outra de 2015. No entanto, têm algo em comum: os seus participantes, a fuga e a não aprovação da família.

O que mais me impressionou na leitura deste livro foi o fator mistério. Este é mantido desde o início até ao fim do livro, a cada página que viramos estamos sempre na expetativa do que vem a seguir. Vamos sempre ganhando mais curiosidade, pois percebemos que os detalhes da fuga destes cinco amigos estão escondidos há 50 anos.