Fantasia, Ficção, Mistério, Zafón

O Jogo do Anjo de Carlos Ruiz Zafón

Plot summary:
Na turbulenta Barcelona dos anos de 1920, um jovem escritor obcecado com um amor impossível recebe a proposta de um misterioso editor para escrever um livro como nunca existiu, em troca de uma fortuna e, talvez, de muito mais.
Com um estilo deslumbrante e impecável precisão narrativa, o autor de A Sombra do Vento transporta-nos de novo à Barcelona de o Cemitério dos Livros Esquecidos para nos oferecer uma aventura de intriga, romance e tragédia, através de um labirinto de segredos, onde o encantamento dos livros, a paixão e a amizade se conjugam num romance magistral.

Review:
Começando por comparar com o primeiro livro da saga, A Sombra do Vento, o ritmo da história foi um pouco mais lento. No primeiro livro, os acontecimentos desenrolam-se num ritmo muito mais rápido, pelo menos foi essa a sensação que tive.

Fantasia, Ficção histórica, Mistério, Zafón

A Sombra do Vento (The Shadow of the Wind) de Carlos Ruiz Zafón

Plot summary:
Numa manhã de 1945, um rapaz é conduzido pelo pai a um lugar misterioso oculto no coração da cidade velha: o Cemitério dos Livros Esquecidos. Aí, Daniel Sempere encontra um livro maldito, que muda o rumo da sua vida e o arrasta para um labirinto de intrigas e segredos enterrados na alma obscura de Barcelona. Juntando as técnicas do relato de intriga e suspense, o romance histórico e a comédia de costumes, A Sombra do Vento é sobretudo uma história trágica de amor, cujo eco se projecta através do tempo. Com uma grande força narrativa, o autor entrelaça tramas e enigmas ao modo de bonecas russas num inesquecível relato sobre os segredos do coração e o feitiço dos livros, numa intriga que se mantém até à última página. A Sombra do Vento é um mistério literário passado na Barcelona da primeira metade do século XX, desde os últimos esplendores do Modernismo até às trevas do pós-guerra. Um inesquecível relato sobre os segredos do coração e o feitiço dos livros num crescendo de suspense, que se mantém até à última página.

Review:
Tenho que começar logo por dizer: LINDO, LINDO, MARAVILHOSO! Há quem diga que os livros nos enfeitiçam e nos levam para outros lugares, e este é mesmo a prova disso!

Bem, ultimamente tenho inserido novos autores na minha estante de livros lidos e hoje trago-vos mais um. Já tinha comprado este livro há algum tempo, mas ainda não lhe tinha pegado e mal sabia eu o que estava a perder.

Esta história faz parte de uma saga que se chama O Cemitério dos Livros Esquecidos, sendo A Sombra Do Vento o primeiro livro da mesma. Fazem parte desta saga mais três livros: O Jogo do Anjo; O Prisioneiro do Céu; e O Labirinto dos Espíritos. Estive a pesquisar e estes funcionam como livros independentes e, por isso, não é necessário seguir esta ordem. Mas eu decidi ler exatamente por esta ordem, pois apesar de serem sempre histórias diferentes, estas partilham personagens e locais comuns.

Fantasia, Ficção científica, Meredith

Aaru by David Meredith

Plot summary:
“…Death and the stillness of death are the only things certain and common to all in this future…” 
-Friedrich Nietzsche
Rose is dying. Her body is wasted and skeletal. She is too sick and weak to move. Every day is an agony and her only hope is that death will find her swiftly before the pain grows too great to bear.  She is sixteen years old.
Rose has made peace with her fate, but her younger sister, Koren, certainly has not. Though all hope appears lost Koren convinces Rose to make one final attempt at saving her life after a mysterious man in a white lab coat approaches their family about an unorthodox and experimental procedure. A copy of Rose’s radiant mind is uploaded to a massive super computer called Aaru – a virtual paradise where the great and the righteous might live forever in an arcadian world free from pain, illness, and death. Elysian Industries is set to begin offering the service to those who can afford it and hires Koren to be their spokes-model.
Within a matter of weeks, the sisters’ faces are nationally ubiquitous, but they soon discover that neither celebrity nor immortality is as utopian as they think. Not everyone is pleased with the idea of life everlasting for sale.
What unfolds is a whirlwind of controversy, sabotage, obsession, and danger. Rose and Koren must struggle to find meaning in their chaotic new lives and at the same time hold true to each other as Aaru challenges all they ever knew about life, love, and death and everything they thought they really believed. 

Review:
For starters, I have to say that I found the idea of Aaru amazing. This book shows us and makes us questioning: What comes after we die? Is there something more?
Aaru shows what could happen if we created a technology that would upload the souls and conscience of our loved ones to a database and in there they can live forever, they can be immortal in a digital world.

Comédia, Fantasia, Ficção, Review

Bons Augúrios de Neil Gaiman & Terry Pratchett

Plot summary:
Este é o livro mais divertido alguma vez escrito sobre o Armagedão. Não vale a pena reler esta última frase, caro leitor, foi mesmo isso que se quis dizer. «Mas como é que um livro sobre o fim do mundo pode, de algum modo, ser cómico?» Ora aí é que está, caríssimo leitor, a explicação é óbvia – esta obra foi escrita por dois dos mais geniais autores de fantasy da actualidade. Ao sabor das suas endiabradas penas, até o mais inverosímil pode assumir a aparência de algo plausível! Neil Gaiman e Terry Pratchett criaram um texto que, ao fundir a fantasia e a comédia, resulta absolutamente jocoso, satírico inventivo e cheio de sabedoria.

Review:
Crowley, um demónio confuso e o seu velho “amigo” Aziráfalo, um anjo. Ambos vivem entre os humanos há muito muito tempo e quando chega o apocalipse unem forças para o tentar impedir.

No entanto, é errado destacar apenas estes dois. É uma história cheia de personagens peculiares, muito bem construídas e todas elas importantes para o enredo. Cruzamo-nos com demónios, bruxas, caçadores de bruxas, freiras satânicas, Deus e o Anticristo. O Anticristo é uma criança chamada Adão com o seu cão do inferno chamado Cão (um rafeiro atormentador de gatos).
Temos ainda mais personagens secundárias que acrescentam valor à história, houve uma em particular que achei muito engraçada, o carteiro. Ele não entrega simplesmente as encomendas em casa, vai mesmo ao encontro da pessoa esteja ela onde estiver. Numa das suas entregas o destino é “em todo o lado”.